ACESSE

Com mais de 100 mil mortos, Brasil envia 300 respiradores ao Líbano

Telegram

A ajuda humanitária que o Ministério da Saúde brasileiro enviará ao Líbano nos próximos dias inclui 300 ventiladores pulmonares mecânicos e 100 mil máscaras cirúrgicas.

Também serão enviados medicamentos e 16 médicos voluntários, entre ortopedistas e anestesistas.

A pasta informa que os equipamentos foram adquiridos especialmente para serem doados ao Líbano e não afetariam o atendimento a pacientes de Covid-19 no Brasil.

No fim de semana, Jair Bolsonaro convidou Michel Temer para chefiar a missão humanitária. O ex-presidente aceitou, mas precisa de autorização da Justiça para viajar.

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 85 comentários