Com paz no PSL, aumentam chances de Bolsonaro voltar ao partido

Com paz no PSL, aumentam chances de Bolsonaro voltar ao partido
Foto: Reprodução/Redes sociais

Integrantes do PSL admitem que, com o armistício entre bolsonaristas e bivaristas, crescem as chances de um retorno do presidente Jair Bolsonaro ao partido.

A anulação do divórcio litigioso entre Bolsonaro e PSL está sendo articulada pelo advogado Antonio Rueda, vice-presidente do partido, desde o segundo semestre do ano passado. O acordo entre as duas alas do partido, alinhada ao fato de que a Aliança pelo Brasil não deslanchou até agora são apontados como os trunfos que Rueda precisava para conseguir retomar o casamento de Bolsonaro com o PSL.

Um eventual retorno do presidente ao partido tem as bênçãos do presidente da agremiação, Luciano Bivar. Porém, a ala paulistana da legenda, formada pelos deputados Júnior Bozzella, Joice Hasselmann e pelo senador Major Olímpio, resiste à ideia.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO