“Com que direito ele porta esse fuzil?”

O general Augusto Heleno, na TV Globo, defendeu a proposta de Wilson Witzel de matar os traficantes armados com fuzis:

“A ideia dessa regra de engajamento é dissuasória. Ou seja: eu quero desencorajar o sujeito de andar no meio de uma população inocente, onde há crianças, senhoras. Com que direito ele porta esse fuzil, debocha das forças legais, quando aquilo é um alto risco para inocentes?”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. O meme do guarda-chuva que possa ser confundido com o fuzil demonstra o quão a globo, no seu progressismo, esquerdismo, globalismo, está destoante com a maioria do povo conservador.

Ler mais 112 comentários
  1. O meme do guarda-chuva que possa ser confundido com o fuzil demonstra o quão a globo, no seu progressismo, esquerdismo, globalismo, está destoante com a maioria do povo conservador.

    1. Esse ponto não é tão difícil, basta ver o arquivo de filmagens da Globo. Ou subir num prédio próximo de um morro no começo da noite. É realmente assustador.

  2. Quem é contra que o Estado use fuzil, então, vai lá – vire policial e combata com um 38 ou 9mm um bandido com fuzil. Depois me conta se saiu vivo…para né??? Pimenta no olho do outro é refresco.

  3. Só no Brasil que tem jornalista que critica que o Estado use contra os bandidos as mesmas armas que estes usam. O Bandido usa fuzil, então, o Estado tem que ter fuzil para combatê-lo.

  4. O mais impressionante disso tudo é que ainda haja um debate a respeito dessa questão, que já deveria estar definida há anos. O único “direito” que um marginal armado com fuzil tem é o de ser a

    1. Nossa q comentário mais embasado e lúcido. Como vc expressa sensatez através dos seus comentários. Parabénssssssssssssssss

    1. Desculpem-me. Eu quis dizer “iminente” e não “eminente”. Também quis dizer “autorizam” e não “autorizar”.

  5. A praga do politicamente correto é tão antinatural que leva o incauto a acreditar que andar de fuzil é normal e que o anormal é prender quem assim procede. Esse discurso global morreu!

  6. É exatamente isso que os bandidos fazem. No meio dos morros, nas favelas, vive gente normal, trabalhadora. E grande parte deles é que é refém desses bandidos armados. Então tem de abater, sim.

  7. Para mim é uma discussão sem pé nem cabeça, somente mentes progressistas encontram conflito em meter uma bala via “Sniper” no sujeito portando qualquer armamento de guerra, Granada, Fuzil, Dinam

  8. Devenos criar uma lei igual a lei do abate de aeronaves. Portou, ostentou fuzil, metralhadora, canhão, missil antiaereo , tanque de guerra dentro do territorio nacional deve ser abatido pelas tropas.

  9. Ter que explicar uma obviedade aterradora dessas, como fez o general Heleno, diz muito da indigência mental misturada com falta de caráter e psicopatia ideológica de nossos jornaleiros fracassados.

  10. Debocha, intimida e mata, costas quentes garantem o crime ostensivo q invade e desaloja condomínios inteiros, tráfico solto, dominam gás, água, internet e TV a cabo, transportes e política.

  11. Quem está ostentando uma arma de fogo (de qualquer tipo) em público (e que não seja uma autoridade), colocando a vida de terceiros em risco, coisa boa não é. Tem que matar e acabou. Dar o exemplo

  12. Estamos em “GUERRA” contra o tráfico de drogas! Um inimigo armado é um potencial perigo para as nossas tropas! Portanto … O INIMIGO PRECISA SER DESARMADO OU ABATIDO! Como desarma-lo sem abatê-l

    1. É simples, seja feita uma intença propaganda na tevê que quem for pego com fuzis e armas na mão nas favelas e não se entregar será abatido à distância. Pronto a ordem de prisão está dada.

    1. Não é a policia que é violenta. A polícia existe porque primeiro existem os bandidos. Os bandidos são violentos então recebem o troco com violência ainda maior, pois o policial não quer mor.re

    2. “Pobres bandidos, obrigados a armarem-se para se defender da polícia!” Quem foi o imbecil que deduziu essa lógica sofista? É de lascar essa inversão de valores!

    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  13. Para a Globo e para as esquerdalhas ele pode andar de fuzil porque ele é da “cumunidade”. Qualquer coisa que se faça contra esse elemento é opressão e tirania contra os mais humildes.

    1. Para a Globo, arma em casa de gente de bem é um perigo constante e absurdo, mas um fuzil na mão de um bandido é apenas proteção para a comunidade carente.

  14. É… general, eu acho que nesse caso os marginais não estão nem aí para a população, pelo contrário, serve-lhes de escudo desses covardes. Lembro-me bem quando o Saddam usou desta estratégia.

  15. Ha decadas o bom senso, o senso de medida, os costumes do cidadao de bem foram solapados de nossa Nacao, com ajuda da imprensa e mundo cultural incultos, doutrinados e vendidos. Parabens, Heleno!

  16. Na favela o tráfico manda na base do fuzil, para intimidar quem quer que seja ao tentar passar informações para a polícia. Ou seja, na base do fuzil os populares passam a ser coniventes c/ o crime

  17. Exato general, causando um perigo real e iminente, sem esse papinho de direito de bandido, eles que assumam o risco de serem mortos, hoje temos cameras potentes para filmar o individuo de longe

  18. Óbvio que melhor que ter que matar jovens aliciados pelas quadrilhas seria mais lógico ético e justo evitar que as armas lá chegassem e que existissem quadrilhas usando a população como escudo.

    1. Mas p isto os três poderes teriam q pensar planejar agir e atuar…o q não gostam d fazer…assumem q não qerem fazer..pq da trabalho gasto e não gera voto. Acordem!! Tem q c combatercausas ñ efe

  19. Precisa d+doqueisso. O serv.de inteligência deve ser perfeita. Muitos pobres vão morrer. Morrerá traficantes e trabalhadores o q já acontece hj em dia. Só quem é de la sabe o q acontece.

    1. Exato. E isto tem que acabar. Ate onde consigo ver, teremos que apoiar as acoes do governo indo as ruas para impeachimar o Supremo, por exemplo.