ACESSE

Com registro de candidatura negado, presidente do PT no Rio é acusado de caloteiro

Telegram

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro negou ontem à noite o registro da candidatura a deputado federal do presidente estadual do PT, Washington Quaquá: ele está proibido de fazer campanha e de receber recursos do Fundo Partidário.

Quaquá, que já chamou Jair Bolsonaro de “fascista frouxo de merda”, é condenado em segunda instância em ações de improbidade administrativa e, portanto, assim como seu chefe Lula, é ficha suja.

Hoje, pessoas que trabalharam para a campanha do petista usaram as redes sociais para denunciar que não receberam os pagamentos prometidos. A turma que diz ter levado calote criou a hashtag #PagaQuaquá.

Comentários

  • Herculano -

    Quá, quá, quá, quá, quá, ..............................

  • Maria -

    O bem vai vencer o mal,PT NUNCA MAIS !!! Bolsonaro presidente 👉💚💛💚

  • Roberto -

    Esse cara nasceu em Quaquáquarecetuba e criado Quaquátagua"s"es e até de tudo é Quaquáloteiro e não pagou Quaquáse ninguém!!

Ler 72 comentários