Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Com rodízio de alunos, aulas em São Paulo voltam em setembro

O governo de São Paulo anunciou há pouco que as aulas presenciais nas escolas do estado serão retomadas em setembro.

Ate lá, os alunos continuarão tendo aulas virtuais, à distância.

João Doria disse que as instituições terão de seguir um protocolo sanitário de prevenção à Covid-19 — com distanciamento mínimo entre os alunos, medidas de higiene pessoal e dos ambientes escolares. O uso de máscara será obrigatório.

A proposta do governo paulista determina um rodízio de estudantes, além da combinação entre aulas presenciais e a manutenção do ensino à distância em um primeiro momento.

Escolas públicas e particulares retomarão as aulas ao mesmo tempo, no dia 8 de setembro.

“O governo apresenta um plano consolidado, gradual, cuidadoso e seguro de volta às aulas. Todas as decisões serão compartilhadas com o comitê de saúde do estado de São Paulo”, anunciou Doria.

Segundo o secretário estadual da Educação, Rosseli Soares, o plano de volta às aulas será “gradual”, em três etapas. Na primeira, apenas 35% dos estudantes retornarão; na fase 2, 70%; e, na última etapa, 100% dos alunos.

“Esse retorno só pode acontecer depois que estivermos há 28 dias na zona amarela [do plano de reabertura do estado]”, explicou Rossieli. A expectativa é que, até setembro, todo o estado já tenha alcançado essa etapa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO