Com veto parcial de Bolsonaro, igreja de R. R. Soares terá R$ 37,8 mi em dívidas anuladas

Com veto parcial de Bolsonaro, igreja de R. R. Soares terá R$ 37,8 mi em dívidas anuladas

A Igreja Internacional da Graça de Deus, de R. R. Soares, terá ao menos R$ 37,8 milhões em dívidas perdoadas com a sanção de Jair Bolsonaro a um trecho da lei que anistia igrejas.

O valor está no registro da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e refere-se somente a dívidas sobre contribuição previdenciária.

Como mostramos, Bolsonaro vetou somente uma parte do projeto que anistiava as igrejas. O trecho barrado mantém a cobrança das dívidas sobre a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

O presidente, no entanto, sancionou o artigo 9º da lei, que determina o perdão às multas sobre contribuição previdenciária.

R. R. Soares, vale lembrar, é o pai do deputado David Soares (DEM-SP), autor do jabuti que perdoava R$ 1 bilhão em dívidas de igrejas.

Leia mais: Gleisi e Bolsonaro do mesmo lado
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 76 comentários
TOPO