ACESSE

"Comandantes de batalhão são sócios do crime organizado", diz ministro da Justiça

Telegram

Em entrevista a Josias de Souza, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, fez duras críticas a Luiz Fernando Pezão e à segurança pública do Rio de Janeiro.

Torquato afirmou que o governador do estado e o secretário de Segurança, Roberto Sá, não têm nenhum controle sobre a Polícia Militar.

Segundo o ministro, o comando da PM fluminense decorre de “acerto com deputado estadual e o crime organizado”.

“Esse coronel que foi executado (na última quinta-feira)… Ninguém me convence de que não foi acerto de contas. Ninguém assalta dando dezenas de tiros em cima de um coronel à paisana, num carro descaracterizado. O motorista era um sargento da confiança dele.”

Torquato Jardim ainda disse:

“Comandantes de batalhão são sócios do crime organizado no Rio.”

Comentários

  • Rogemon -

    Gostaria de saber quem, além do trafico, controla a PM do RJ. Deus queira que a espinha a corrupção dentro da PM seja quebrada com a demissão de centenas de policiais.

  • Yuri -

    Qualquer cidadão carioca sabe disso há muito tempo. Se for morador de favela então nem se fala...

  • Tonho -

    NOOOOOOSSSAAAAAA DEVE ESTAR ROUBANDO POUCO, SAFADO! MANDATÁRIO? PARECE QUE CONFESSOU ... SAFADO! ORDINARIO. SUA PORTA TEM SOLEIRA....

Ler 113 comentários