Comissão de Ética rejeita denúncia do PSOL contra filho de Mourão

A Comissão de Ética da Presidência rejeitou liminarmente a denúncia do PSOL contra a promoção de Antônio Rossell Mourão no BB, informa o Estadão.

O filho de Hamilton Mourão tornou-se assessor especial da presidência do Banco do Brasil e teve seu salário triplicado, para R$ 36,4 mil.

Será que os militares conseguirão moderar o que acontece dentro Planalto? LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Pedro disse:

    País está torto. PSOL defende ladrões e ataca promoções.

Ler comentários
  1. Freedom disse:

    PSOL é aquele partido que vai deixar de existir por falta de votos.

  2. Rogemon disse:

    Muito justo o arquivamento! O rapaz é concursado e tem 19 anos no BB. Não chegou lá por ser amigo do amigo!!

  3. Paulo disse:

    Ficou no limbo nos governos petistas, ganhando só promoções que são obrigatórias pela lei. Altamente competente, o Mourinho

  4. Edu disse:

    É hilário ver o PSOL ético e moralista depois de apoiar o pior governo que o Brasil já teve: o maldito governo do PT.

  5. Pio disse:

    ´Foi só para encher o saco, outra vez ... O PSOL sabe mesmo é COBRAR ALUGUEL dos Sem Teto. Há ... Terrorismos e Assassinatos ... Onde tem PSOL, tem Melícia.

  6. Paula disse:

    O filho de Mourão está totalmente capacitado para o cargo e é servidor concursado do BB. Tem mais que não receber a representação do PSOL pq denúncia quem faz é só MP e em caso criminal.

  7. João disse:

    O cara é funcionário do BB há mais de 18 anos , tem Doutorado , foi promovido POR MÉRITO E CONFIANÇA , e não por ser filho do General Mourão . Chora petralhada , chora comunistada !!!

  8. Jorge disse:

    Se a promoção foi por meritocracia, não há o que se discutir. Ainda mais, se levarmos em conta que ele é funcionário de carreira do banco. Parem de querer prejudicar o gov. de Bolsonaro.

    1. BB tem concursos internos para promover funcionários! Deveria ter passado!!!