Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Comissão do Voto Impresso aprova requerimento para ouvir Protógenes

Comissão do Voto Impresso aprova requerimento para ouvir Protógenes
Foto: Agência Brasil/Arquivo

Em sessão que durou poucos minutos, a Comissão do Voto Impresso na Câmara aprovou 15 requerimentos nesta segunda (24), entre eles o de audiência pública com o ex-delegado e ex-deputado federal Protógenes Queiroz.

Quando estava na Polícia Federal, Protógenes ficou nacionalmente famoso por conduzir a Operação Satiagraha, em 2008.

Foi eleito deputado federal em 2010, na chapa de Tiririca. Em 2014, tentou a reeleição e perdeu.

O pedido para ouvir Protógenes é de autoria de Otoni de Paula (PSC-RJ), que fez o requerimento “considerando que o mesmo tem conhecimento de causa sobre as vulnerabilidades das urnas eletrônicas”.

A comissão também aprovou dois requerimentos que incluem convites para o ex-senador Roberto Requião (MDB-PR), autor do projeto que deu origem à lei do voto impresso em 2002.

O voto impresso foi aplicado para cerca de 7 milhões de eleitores na eleição de 2002. No ano seguinte, a Lei nº 10.740 na prática aboliu o voto impresso.

A minirreforma eleitoral de 2015 voltou a obrigar o voto impresso. Dilma vetou esse trecho, mas o Congresso derrubou o veto. No entanto, o STF derrubou a norma em junho de 2018, às vésperas da eleição.

Leia também:

Especialista do TRE-RS prevê ‘cenário caótico’ em caso de recontagem com voto impresso

Deputado diz acreditar que voto impresso vai evitar discurso sobre fraudes

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO