“Comitê de crise chegou um ano atrasado”, diz Lasier Martins

“Comitê de crise chegou um ano atrasado”, diz Lasier Martins
Foto: O Antagonista

O senador Lasier Martins (Podemos-RS) afirmou ao Papo Antagonista que o comitê de crise para gestão da pandemia chegou “um ano atrasado”.

O colegiado foi criado na quarta-feira última e será formado pelo presidente Jair Bolsonaro, pelos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e por um representante do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A ideia do comitê é melhorar a interlocução com os governadores e traçar soluções para o enfrentamento da pandemia.

“Eu acho que ele chega um ano atrasado. De qualquer maneira, antes tarde do que nunca. Mas eu tenho minhas dúvidas de como ele vai funcionar. Eu acho que o momento é de expectativa. Como estamos vendo incontáveis erros, precisamos saber como vai funcionar esse comitê”, disse o senador.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO