ACESSE

Comitê de investimentos em mineração não tem representantes do Meio Ambiente

Telegram

Paulo Guedes recomendou ao governo a formação de um Comitê Interministerial de Análise de Projetos de Minerais Estratégicos com cinco integrantes – nenhum deles da área ambiental.

O ministro assinou resolução do Conselho de Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI), publicada nesta terça-feira no Diário Oficial.

Os cinco integrantes do Comitê são do Ministério de Minas e Energia, do GSI, do Ministério da Ciência e Tecnologia, da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência e da própria Secretaria Especial do PPI, do Ministério da Economia.

Outras entidades podem ser convidadas para reuniões específicas, sem direito a voto.

Uma das responsabilidades do Comitê é “definir, para fins de apoio ao licenciamento ambiental, os projetos minerários considerados relevantes para a ampliação da produção nacional de minerais estratégicos”. O grupo pode “solicitar apoio técnico de outros órgãos ou entidades”.

O presidente Bolsonaro disse em várias ocasiões haver uma ‘tabela periódica’ embaixo da terra na Amazônia.

Assista também:

Leia mais: Como governos compram apoio de veículos de comunicação

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários