Comitê de médicos recomenda que Doria feche igrejas e reduza ocupação de UTIs

Comitê de médicos recomenda que Doria feche igrejas e reduza ocupação de UTIs
Foto: Governo do Estado de São Paulo

Os médicos do centro de contingência para a Covid-19 recomendaram a João Doria que ele volte a determinar o fechamento de igrejas e recue na decisão de transformá-las em “atividades essenciais”, informa a Folha.

Como publicamos mais cedo, o estado de São Paulo registrou nesta terça (2) seu recorde de mortes em 24 horas desde o início da pandemia no Brasil.

Outra recomendação dos médicos é que as taxas de internação em leitos de UTI que determinam se uma região paulista vai para a fase vermelha —com restrições rígidas à circulação de pessoas— caiam de 75% para 70%.

Hoje, essas taxas de ocupação são de 74,3% na Grande São Paulo e de 73,2% no estado. Se o governador seguir os conselhos, todas as regiões paulistas voltam para a fase vermelha.

“Médicos que integram o grupo dizem que é isso ou o colapso do sistema de saúde, gerando o caos”, escreve o jornal paulistano.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO