Como funcionava o esquema de Geddel e Cunha

A Folha fez um bom resumo do esquema de Geddel Vieira Lima e Eduardo Cunha na Caixa Econômica Federal, descoberto pela Operação Cui Bono? e revelado por Fábio Cleto, ex-vice-presidente do banco:

“1. Empresas apresentavam projetos para pleitear recursos do FGTS, gerido pela Caixa;

2. Cleto passava ao ex-deputado Eduardo Cunha os projetos em tramitação;

3. Com o intermédio do corretor Lúcio Funaro, Cunha negociava com as empresas o pagamento de propina;

4. Após a negociação, Cleto atuava para convencer conselheiros do fundo a escolher as empresas que pagaram a propina.

Geddel estava em todas, segundo os investigadores.

Faça o primeiro comentário