Como Geddel forçou a saída de Calero da Cultura

Em entrevista à Folha, Marcelo Calero afirma que pediu demissão do ministério da Cultura porque Geddel Vieira Lima queria que ele autorizasse o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional a aprovar a construção de um projeto imobiliário chamado “La Vue Ladeira da Barra”, perto de uma área tombada em Salvador.

O Iphan queria que o prédio fosse mais baixo e Geddel havia comprado um apartamento num andar que seria suprimido.

“Nas palavras do agora ex-ministro, Geddel disse em pelo menos duas dessas conversas possuir um apartamento no empreendimento que dependia de autorização federal para sair do papel”, publicou o jornal.

“Entendi que tinha contrariado de maneira muito contundente um interesse máximo de um dos homens fortes do governo”, afirmou Calero à Folha.