Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Conass: "Temos duas crises: a do vírus e a da ignorância"

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde divulgou neste sábado uma nota em que lamenta a marca de meio milhão de mortes por Covid no país
Conass: “Temos duas crises: a do vírus e a da ignorância”
Foto: Reprodução/Conass

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgou neste sábado uma nota em que lamenta a marca de meio milhão de mortes por Covid no país.

O luto domina o Brasil. Passados quinze meses do primeiro óbito por Covid-19 no país, poucos são os brasileiros que não sofrem pela perda de um parente, um amigo próximo, um colega de trabalho, um vizinho. Já são 500 mil vítimas – mais de 300 mil nos últimos cinco meses”, diz trecho da nota, que é assinada pelo presidente do Conass, Carlos Lula.

Contra a lógica e a ciência, alguns governantes questionam a dimensão da tragédia, lançam dúvidas sobre medidas comprovadamente eficazes para reduzir o risco do contágio e desdenham da vacina. Temos, portanto, duas crises: a do vírus e a da ignorância. Essa perigosa combinação expõe mais pessoas ao risco de contágio e dificulta ainda mais as estratégias de prevenção da doença.”

O Conass ainda faz um alerta sobre o número de novos casos de Covid:

Sofremos com a alta ocupação de leitos de UTI e com a escassez de medicamentos para intubação, o que aumenta ainda mais a pressão sobre os trabalhadores de saúde, exauridos física e mentalmente devido à longa jornada no enfrentamento à Covid-19.

“O desempenho do país no tratamento de pacientes e controle da epidemia poderia e pode ser melhor. O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) reforça seu apelo por uma coordenação nacional que unifique os discursos e as ações para que, assim, tomemos todas as medidas possíveis capazes de mudar essa triste realidade.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO