"A condução coercitiva é usada como substituto da prisão"

Em seus ataques ao instrumento da condução coercitiva na tribuna do STF, o advogado do PT Thiago Bottino disse que tinha “uma confissão a fazer”: acrescentou que após a liminar de Gilmar Mendes proibindo as conduções, o número de prisões preventivas aumentou.

“A condução coercitiva é usada como substituto da prisão, mas com as mesmas características de prisão.”

Segundo ele, “PF e MP tentam extrair uma confissão de alguém que não tem obrigação de falar”.

Comentários

  • Brasil -

    Coitados dos corruptos.

  • Indignada -

    Os BANDIDOS querem continuar esfacelando o BRASIL em silêncio com a anuência dos TOGADOS e de todos os defensores das FALCATRUAS! Quando a Justiça de Curitiba começou a levar os crimes na pena da LEI, os defensores de criminosos, que também criminosos são, entraram na grita! A Justiça no Brasil está fantasiada! Além da máscara da cegueira, está com todos os buracos da cabeça tapados! SÓ O QUE CONVÉM, INTERESSA!!!! A QUE PREÇO! É só uma pergunta!!!!

  • Marcelo -

    A preocupação aqui no Brasil é com o réu ( colarinho branco naturalmente ) ,acusado de roubar bilhões dos cofres públicos ,há não abrir a boca para não denunciar outros políticos .

Ler 12 comentários