Conduções coercitivas: 4 a 4

Ricardo Lewandowski conclui seu voto, igualzinho ao de Gilmar Mendes, pela inconstitucionalidade das conduções coercitivas.

Julgamento empatado: 4 a 4.

Vota agora Marco Aurélio Mello.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. CLARO, NINGUÉM QUER VER SEUS “IGUAIS” PRESOS E RESPONDENDO PELOS MESMOS CRIMES QUE PRATICAM, EM COMUM NAS CALADAS DA NOITE E EM PAÍSES DISTANTES, DIUTURNAMENTE E CINICAMENTE CONTRA O BRASIL E SEU POVO ! IGUAL DEFENDE IGUAL, ENTÃO PRÁ QUÊ POLÍCIA PARA INVESTIGAR E PRENDER LADRÕES DO ERÁRIO PÚBLICO ??? ENTÃO, PRÁ QUÊ ALTA CORTE PARA NÃO PUNIR E DEFENDER CRIMINOSOS DE LESA PÁTRIA ???

Ler mais 16 comentários
  1. CLARO, NINGUÉM QUER VER SEUS “IGUAIS” PRESOS E RESPONDENDO PELOS MESMOS CRIMES QUE PRATICAM, EM COMUM NAS CALADAS DA NOITE E EM PAÍSES DISTANTES, DIUTURNAMENTE E CINICAMENTE CONTRA O BRASIL E SEU POVO ! IGUAL DEFENDE IGUAL, ENTÃO PRÁ QUÊ POLÍCIA PARA INVESTIGAR E PRENDER LADRÕES DO ERÁRIO PÚBLICO ??? ENTÃO, PRÁ QUÊ ALTA CORTE PARA NÃO PUNIR E DEFENDER CRIMINOSOS DE LESA PÁTRIA ???

  2. Os Generais fazendo ginástica nos quartéis… e o país viranão uma piada bufa na mão de meliantes…
    Se gostam tanto de fazer ginástica deveriam tentar a carreira de personal trainers. ..