ACESSE

"Conduções sob varas"

Telegram

Leonardo Sica, em nome da Associação dos Advogados de São Paulo, é mais um a atacar as conduções coercitivas no STF.

Diz que o instrumento lembra “as conduções sob varas.”

“É o Judiciário empurrando a história para trás.”

O advogado ainda compara as conduções à tortura.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários