CONEXÃO JUIZ DE FORA

A Polícia Federal também descobriu que o esquema se originou num contrato fraudado da Gráfica Brasil com a Universidade de Juiz de Fora no valor de R$ 38 milhões. O Ministério da Saúde, posteriormente, aderiu à ata de preços.

Faça o primeiro comentário