ACESSE

Confusão no plenário da Câmara

Telegram

A sessão em homenagem aos 131 anos da assinatura da Lei Áurea, no plenário da Câmara, foi interrompida há pouco por manifestantes com bandeiras com o rosto de Marielle Franco. Eles gritavam “parem de nos matar” e “fascistas não passarão”.

A deputada Carla Zambelli (PSL), no microfone, disse que “se Marielle foi uma mulher livre, foi graças à princesa Isabel”. No mesmo instante, o deputado Delegado Waldir, líder do partido, pediu que a colega não falasse mais nada. “Não provoca, não.”

Grupos ligados a Jair Bolsonaro reagiram no meio do plenário e houve confronto verbal apaziguado por policiais legislativos.

Os bastidores da grande derrota de Moro, do governo e do combate ao crime organizado. Confira agora

Comentários

  • Marcelo -

    Só faltou bandeira com a cara do beira-mar e os dizeres "parem de nos prender"...

  • Juscelino -

    Tanto assunto grave e importante é estes vagabundos, de ambos os lados, perdendo tempo com o que não merecia 5 minutos de discussão no congresso.

  • CesarB -

    Se valem de fatores humanos para roubarem ...!! Não caímos mais nessa, esquerdopatas...!!!

Ler 164 comentários