Congresso aprova orçamento de 2021: confira as principais previsões de gastos

Congresso aprova orçamento de 2021: confira as principais previsões de gastos
Foto: Reprodução/ Tv Senado

O Congresso Nacional aprovou nesta quinta (25) a proposta orçamentária para 2021. O parecer do relator-geral do orçamento, senador Marcio Bittar (MDB-AC), prevê receitas da ordem de R$ 4,3 trilhões e despesas de R$ 2,5 trilhões.

Ainda pela proposta, os parlamentares conseguiram um remanejamento de R$ 26,5 bilhões de recursos previdenciários para gastos em obras. O texto foi aprovado pelo Senado, por 60 votos a 12 e 1 abstenção. Na Câmara, foram 346 votos a 110. Agora ele vai para a

Leia abaixo as principais previsões do orçamento:

Meta fiscal: déficit de R$ 247 bilhões para o governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência);

Déficit fiscal pra União, estados e municípios: R$ 251,1 bilhões

Receitas: R$ 4,3 trilhões, houve acréscimo de R$ 32,2 bilhões em relação ao texto original do Poder Executivo, após o Congresso alterar o cálculo da receita corrente líquida;

Teto de gastos: R$ 1,4 trilhão;

Gastos com saúde: R$ 125 bilhões;

Emendas impositivas (dinheiro disponível para uso de parlamentares): R$ 182,1 milhões;

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO