Congresso vai aprovar reestruturação das Forças Armadas, diz ministro

O ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, disse em entrevista à TV Brasil que está confiante de que o Congresso vai aprovar o projeto de lei que reestrutura a carreira militar.

“Eu acho que os integrantes do Congresso já compreenderam quais são nossas necessidades, as nossas idiossincrasias da profissão militar. A gente não tem um sistema previdenciário, você não tem um Regime Geral da Previdência, você também não é um servidor público. Você tem leis ordinárias que regulam a profissão militar. A Constituição já amarra as nossas peculiaridades. Você está oferecendo a sua vida em prol do país. Então, ela tem que ter regras específicas para o militar e para a família dele. Estamos contribuindo para o esforço do país, mudando a parte da proteção social, estamos passando a contribuir mais, bem mais. Estamos aproveitando para uma reestruturação da carreira, visando à meritocracia. Isso sem gerar déficit nenhum, ao contrário, estamos gerando um superávit para a receita. Então eu tenho certeza absoluta que os parlamentares compreendem e vão aprovar isso.”

Comentários

  • Valeria -

    Se for pra ser corporativista, então PM tem que se FÚ... são forças auxiliares das FFAA e ponto final.

  • Mimilico -

    Caveira, PM, policia Civil ... essa turma pega no pesado... FFAA coçam o dia inteiro.... Tem é que reduzir os soldos...

  • EDUARDO -

    São milhões de militares entre ativos e reserva. Haja imposto pra manter. Mas numa revolta popular quem vai proteger a elite dominante? Certamente irão triplicar as remunerações. Viva Bolso!

Ler 66 comentários