Conselheiro dá 15 dias para PGJ informar sobre processo

O Estadão informa que o conselheiro Valter de Araújo, que suspendeu liminarmente os depoimentos de Lula e Marisa, deu 15 dias para que a Procuradoria Geral de Justiça de São Paulo preste informações sobre a investigação.

Com os dados em mãos, Araújo levará o caso ao plenário do CNMP.