Conselheiro do CNMP ligado a Renan abre reclamação contra Deltan

Conselheiro do CNMP ligado a Renan abre reclamação contra Deltan
Foto: Antônio Leal/MPDFT

Luiz Fernando Bandeira de Mello, conselheiro do CNMP, mandou abrir reclamação disciplinar na corregedoria do órgão para investigar a conduta de  Deltan Dallagnol no processo de criação de uma fundação privada da Lava Jato para gerir R$ 2,5 bilhões da Petrobras, relata O Globo.

O despacho do conselheiro foi proferido nesta terça-feira (23) em um processo por Kátia Abreu (PP-TO), que inicialmente solicitava a remoção de Deltan da força-tarefa da Lava Jato.

Não adiantou o procurador ter deixado a força-tarefa: a defesa da senadora solicitou que fosse aberto um processo disciplinar para apurar a sua conduta.

Escreve o jornal carioca: “O tema da fundação da Lava Jato já havia sido analisado em um outro processo no CNMP e também na Corregedoria do MPF, que concluíram pela inexistência de irregularidades. Mesmo assim, o conselheiro mandou que o assunto fosse apurado novamente”.

Bandeira de Mello é amigão de Renan Calheiros, de quem foi chefe de gabinete, e foi indicado para o CNMP pelo próprio senador alagoano. Não é preciso dizer mais nada.

Sobre a Lava Jato, releia o post de ontem que trata do cerco de STF, STJ e TCU ao combate à corrupção no país.

Leia mais: Crusoé mostra como a corte do STF volta a ser palco de troca de farpas entre ministros, intrigas e até ameaças após o julgamento da reeleição no Congresso.
Mais notícias
TOPO