Conselho de Ética arquiva representações contra Bibo Nunes e Carlos Jordy

Conselho de Ética arquiva representações contra Bibo Nunes e Carlos Jordy
Foto: Câmara dos Deputados

O Conselho de Ética da Câmara arquivou, nesta quinta-feira (4), as representações por quebra de decoro parlamentar contra os deputados Bibo Nunes (PSL-RS) e Carlos Jordy (PSL-RJ).

Ambos foram acusados pela direção do PSL de “atacar a honra dos colegas” por meio de mensagens nas redes sociais, no final de 2019. Em outubro daquele ano, Bibo afirmou que a cúpula do partido era “dinheirista”; já Jordy classificou como “traidores” os deputados do PSL que romperam com o presidente Jair Bolsonaro.

Nos dois casos, o colegiado entendeu que os ataques aos colegas não feriram o decoro parlamentar.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO