Conselho de Ética da Alesp adia votação que suspende deputado acusado de assédio

Conselho de Ética da Alesp adia votação que suspende deputado acusado de assédio
Foto: Agência Alesp

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) adiou a votação do parecer que suspende o mandato do deputado Fernando Cury (Cidadania), acusado de assediar a colega Isa Penna (Psol).

O adiamento ocorreu após os pedidos de vista feitos pelos aliados Wellington Moura (Republicanos) e Adalberto Freitas (PSL).

O relatório elaborado pelo petista Emidio de Souza é considerado “brando” e pede a suspensão de seis meses do parlamentar e a interrupção do salário.

Leia mais: Guedes e seu ideário foram inteiramente soterrados pelos planos de sobrevivência política do presidente da República e da sua própria reeleição
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO