Conselho de Ética julga primeira representação contra Daniel Silveira

Conselho de Ética julga primeira representação contra Daniel Silveira
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O Conselho de Ética da Câmara vai analisar, na tarde de hoje (2), a representação que tramita no colegiado contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), no caso em que ele foi acusado de ter gravado parlamentares do PSL.

Silveira foi denunciado pelo presidente do PSL, Luciano Bivar, após ele ter gravado uma reunião interna do partido, realizada no dia 16 de outubro de 2019. “De modo ardil e premeditadamente, o representado gravou a reunião de seu grupo parlamentar, sem permissão e com a intenção de prejudicar seu partido, registrou partes das conversas e manipulou manifestações. Assim, agiu de modo desleal, imoral, abusando da confiança e tornou uma reunião séria em chacota nacional”, disse Bivar na representação.

Essa é a primeira denúncia contra Daniel Silveira. A segunda representação contra ele por quebra de decoro, por causa das ameaças que ele fez a ministros do STF, foi admitida pelo Conselho de Ética na semana passada e já está tramitando. Hoje, o Conselho também deve analisar a admissibilidade de outras sete denúncias contra o parlamentar. Todas por conta das ameaças feitas pelo deputado a integrantes do Supremo.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO