Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Conselho do MPF adia liberação de conservador para comissão do governo

O Conselho Superior do Ministério Público Federal adiou a liberação do procurador Ailton Benedito, conhecido por posições conservadoras, para integrar a Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, informa a Gazeta do Povo.

Durante a sessão de hoje do órgão, Benedito obteve maioria de cinco dos oito votos dos conselheiros presentes. A autorização para integrar o órgão, porém, não foi proclamada por um pedido de vista de Nicolao Dino, irmão de Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão.

Além dele, resistem à indicação as subprocuradoras Ela Wiecko e Deborah Duprat, ambas da ala progressista do MPF. Com o pedido de vista, a indicação só poderá voltar a ser avaliada em julho.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO