CONSERINO: CONDUÇÃO COERCITIVA FOI ERRO

Cassio Conserino acaba de enviar aos advogados e ao TJSP informação de que a expressão “condução coercitiva” constou equivocadamente na notificação de Lula, Marisa e Lulinha.

Segundo Conserino, o erro ocorreu no Centro de Apoio à Execução (Caex).

“De lá foram expedidas as notificações com esse equívoco, sem a ciência ou assinatura destes signatários. Talvez tenham utilizado modelo padrão para notificação de testemunhas.”

Conserino informa que, antes de ingressar com HC no TJSP, Lula disse que não compareceria ao interrogatório. O promotor vai amanhã ao tribunal explicar pessoalmente o erro.