A conta Amigo na denúncia da PGR

A grande estrela da denúncia contra Lula é a conta Amigo, do departamento de propinas da Odebrecht.

A PGR detalhou as fontes de pagamento para o comandante máximo da ORCRIM e os saques que ele realizou de 2010 em diante.

“Em meados de 2010, no último ano do mandato presidencial de LULA, após acordo entre PALOCCI e Marcelo Odebrecht, a pedido de LULA, parte dos valores da ‘Planilha Italiano’ foram destinados diretamente para gastos e despesas do então Presidente da República, dando ensejo à instituição da subconta ‘Amigo’, no qual foram registrados créditos e debitados pagamentos especificamente vinculados ao ex-presidente.

Os repasses foram operacionalizados por Branislav Kontic e Hilberto Silva”.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 2 comentários