Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Contabilidade criativa para abrir espaço para emendas"

“Contabilidade criativa para abrir espaço para emendas”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O economista e professor da USP Roberto Macedo escreveu no Estadão que o Orçamento de 2021 é um caso de contabilidade criativa, em razão do “cancelamento” orçamentário de despesas que deverão ser efetivamente realizadas.

“Isso para abrir espaço para emendas que levam a gastos de interesse de parlamentares”, emendou.

Ele continuou:

“Como fazer para cancelar esse ‘cancelamento’? Diz-se que o presidente da República deveria vetar a lei, fala-se em corte das emendas e de haver um recurso ao Tribunal de Contas da União. Mas tudo envolve dificuldades administrativas, jurídicas e políticas.”

O economista afirmou também que “até parece que Bolsonaro fez sua reforma ministerial para ofuscar em parte o noticiário altamente negativo sobre a aprovação” do orçamento.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO