Contadora de Youssef diz que fez tudo por amor

Meire Poza, a ex-contadora do doleiro Alberto Youssef, também depôs hoje a Sérgio Moro.

Questionada sobre por que emitiu notas fiscais fraudulentas para a GDF, empresa que era de Youssef, Meire disse que fez tudo por amor, relata O Globo.

“Fiz isso porque eu era apaixonada pelo Enivaldo Quadrado, e ele me pediu porque precisava de dinheiro”, disse a ex-contadora.

Quadrado era dono da corretora Bônus-Banval. Apontado como um dos laranjas de Youssef, ele foi condenado por lavagem de dinheiro no mensalão.

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 31 comentários
    1. Só olhando . Como essas autoridades todas só olham …
      E sempre tem sido assim, debaixo dos acordos de delação premiada. Premiada com a continuidade delitiva impune. Vejam o Youssef, o Funaro , o próprio Quadrado , presenteado no Mensalão com uma pena tão pequena que continuou seu trabalho com toda a tranquilidade .
      E ainda têm coragem de divulgar que o Mensalão foi um marco na justiça brasileira …
      Só não se entende é porque Marcos Valério nunca conseguiu delatar . Teria a ver com Aécio ?

  1. Com a revelação de que Lula (e Zé Dirceu) tem grande soma de dinheiro numa conta corrente na Espanha, dá pra supor que o molusco presidente tem grana escondida nos quatro cantos do mundo. É por esta razão que ele não se abala nem quando nosso ídolo Sérgio Moro bloqueia 10, 20 ou 30 milhões das contas dele. Lula deve ter tanto dinheiro escondido que a fortuna encontrada no apartamento-cofre de Geddel Vieira Lima fica parecendo troco, um cafezinho pro manobrista. Imagino a raiva que (poucos) políticos presos têm de Lula e de Dilma, que são os verdadeiros comandantes do esquema criminoso e continuam mais soltos que o arroz da minha mulher.

  2. A historia da humanidade sempre se fez pelas relações de poder e estas, permeadas por dinheiro e sexo. Temos visto em relatos e em fotos os fartos montantes de dinheiro em contas bancárias, malas e cuecas. As relações de amor e sexo ainda estão pouco documentadas, embora estou certa de que existam tanto quanto ou até em maior quantidade no âmbito da lava-jato. Sabe-se da ‘amante’, daquela fala medonha do Joesley “ou eu ou você temos de levá-la para cama”. Não cabe a Dellagnol e sua turma fuçarem nisso em profundidade, mas historiadores poderiam fazer isso, para entendermos melhor a sociedade brasileira. Aceito apenas uma menção a meu codnome, um agradecimento, no prefácio do livro.

  3. Gerson Almada, dono da Engevix, foi um dos caras que mais se lascou em todo o mega-processo do Petrolão. Este “pobre” empreiteiro já puxou vários anos de cadeia e não tem data pra sair. Em compensação, Lula, Dilma, Dirceu continuam soltinhos da Silva. Gerson Almada, ao que parece, perdeu a paciência e resolveu abrir o bico, indicando contas bancárias na Espanha, em nome de Lula e de seu capitão do mato Zé Dirceu. Bom pra nós! Fala mesmo, Almada, desembucha aí que estamos por aqui, aplaudindo você. Exceto Marcelo Odebrecht, que ainda almeja voltar à presidência do grupo e tentar reerguê-lo, outros empreiteiros já desistiram de suas empresas e se dedicam exclusivamente a escapar da Justiça.

  4. Enivaldo Quadrado deveria descer Redondo para a prisão, assim como a picareta Meire Pozza, que posa de boazinha (nossa, hoje as piadas estão fracas demais) mas também não vale nada. Enquanto Lula continua a saga de negar os crimes, chega uma notícia do Peru que mostra bem o quanto ele é culpado. Todos os presidentes do Peru – TODOS! – foram subornados pela Odebrecht. Seguem os nomes dos pilantras: Alejandro Toledo, Alan García, Olanta Humala, Keiko Fujimori e Pedro Pablo Kuczynski. Mas Lula, sabem todos, não sabia de nada… Até quando teremos que aguentar o falatório desse farsante que infelicitou o Brasil. Até em pesquisa interna do PT, está dando Bolsonaro e Vicente Cândido disse candidamente que “…Bolsonaro não é preparado para o cargo”. Como se os chefes deles, Lula e Dilm, fossem.

  5. Alô políticos brasileiros!
    Vamo comigo!
    Aquela talagada aí e depois brindando e cantando comigo:
    “Vamo bebêe.. de gole em gole.. até o couro da cabeça ficá mole!
    Vamo bebêe.. de gole em gole.. até o couro da cabeça ficá mole!
    Vamo bebêe.. de gole em gole.. até o couro da cabeça ficá mole!”

  6. esse youssef está em todos roubos desde o banestado -satiagraha -etc-etc-etc—é um conquistador , ao ponto dessas senhoras arriscarem a vida por um turco criminoso

    1. e depois transa. É o que circula .
      Mas neste caso pelo visto o irresistível seria Enivaldo .
      Essa dama que se disse apaixonada parece que se apaixonou também por um policial ao qual
      fez revelações sobre o primeiro amado . . .
      Será que , se novamente apaixonada, finalmente contaria mais algum segredo sobre o caso Celso Daniel ?