Conteúdo sem propina

O pré-sal já foi mudado.

Agora o governo tem de revogar a regra do conteúdo local, criada pelo PT apenas para arrecadar mais propina.

Diz o editorial do Estadão:

“É preciso que, afastados os obstáculos criados pela ideologização do pré-sal na era lulopetista, o governo elabore um calendário de leilões para atrair os investimentos privados. Será necessário também rever a política de conteúdo local, que continua a tolher a liberdade da Petrobrás de escolher os melhores fornecedores”.

Faça o primeiro comentário