Contra aumento do diesel, caminhoneiros voltam a falar em greve

Contra aumento do diesel, caminhoneiros voltam a falar em greve
Foto: Marcelo Pinto/APlateia/Fotos Públicas

Caminhoneiros voltaram a falar em greve depois que a Petrobras anunciou um novo aumento de 5% na gasolina e no diesel. O reajuste foi anunciado hoje.

Segundo a Folha, lideranças do movimento voltaram a tentar articular uma nova paralisação. Pelo menos dois representantes dos caminhoneiros defendem essa medida: Plínio Dias, presidente do Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas e Ariovaldo Silva Junior, presidente do Sindicato dos caminhoneiros de Ourinhos.

Apesar disso, a categoria segue dividida como em momentos anteriores. “Nélson de Carvalho Júnior, do sindicato de Barra Mansa (RJ) diz que os caminhoneiros que tentaram parar no início do mês passado foram criticados pelos que querem a greve agora. Ele evita se posicionar a favor da ação”, informa o jornal paulistano.

Leia mais: Guedes e seu ideário foram inteiramente soterrados pelos planos de sobrevivência política do presidente da República e da sua própria reeleição
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO