Contra embargos, MPF reafirma 'maus antecedentes' de Dirceu

A procuradora Maria Emília Dick, da Procuradoria Regional da 4ª Região, apresentou contrarrazões nos embargos infringentes de José Dirceu, manifestando-se pela rejeição do recurso do ex-ministro.

No documento, obtido por O Antagonista, Maria Emília desmonta a alegação da defesa de Dirceu, que ataca dois pontos da sentença do TRF-4 para tentar reduzir sua pena: os maus antecedentes do petista e o não pagamento da multa.

Segundo Emília, a condenação de Dirceu no mensalão é absolutamente válida para corroborar o entendimento do relator Gebran Neto sobre a pena do petista, assim como se trata de regra geral condicionar a progressão do regime ao pagamento da reparação estipulada.

Como dissemos antes, caberá à desembargadora Claudia Cristofani colocar os embargos para julgamento da 4ª Seção, que se reúne apenas uma vez por mês.

Comentários

  • Antonio -

    Tem que leiloar tudo o que esse ca na lha FDP amealhou com dinheiro roubado...e mandá-lo apodrecer na cadeia...!

  • Alcivaldo -

    Ou seja... eu só sou mau caráter de ontem para trás, de hoje para diante não sou mais.

  • Henry -

    Lugar de ladrão é na prisão. Pela quantidade do que roubou, a pena deveria ser perpétua.

Ler 33 comentários