Contra a greve de juízes

A crise fiscal tem servido para que diversas corporações que usufruem privilégios na máquina pública se exponham, na defesa de benefícios inaceitáveis num país em que o Estado quebrou, registra O Globo em editorial.

Leia um trecho:

“Um desses adicionais é o auxílio-moradia para juízes — mas não só —, de R$ 4.377, previsto em lei, regulamentado pelo Conselho Nacional de Justiça, mas, com o tempo, deformado. Este penduricalho na magistratura deverá ser julgado pelo Supremo em 22 de março.

É indiscutível que juízes, promotores, parlamentares etc. têm de receber remuneração condigna. Mas tudo precisa ser às claras, sem subterfúgios, dentro da lei. O que não pode é associações de magistrados, caso da que representa os juízes federais do Brasil, atuarem como sindicato, inclusive com propostas de greve.

(…) Quem julgará uma greve de magistrados?

É preciso não misturar a atuação meritória de juízes com aberrações que ocorrem no auxílio-moradia (…). Conceder o benefício a magistrados que têm casa própria na cidade em que trabalham, por exemplo, é uma distorção. O mérito da magistratura, ou de quem seja, não pode justificar desvarios administrativos e ilegalidades

(…) O contribuinte merece respeito.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Se ajeitar direitinho dá pra começar a greve mais perto do meio do ano, porque aí já emenda com o recesso do Judiciário, e aí todo mundo pode programar aquela viagem longa pela Europa e EUA tranquilamente.

Ler mais 36 comentários
  1. Se ajeitar direitinho dá pra começar a greve mais perto do meio do ano, porque aí já emenda com o recesso do Judiciário, e aí todo mundo pode programar aquela viagem longa pela Europa e EUA tranquilamente.

  2. O site O Vespeiro tem um vídeo que mostra item a item o que ganham os magistrados no Brasil, com tantos penduricalhos que inflam os proventos, sem incidência do imposto de renda, em gravíssima afronta aos contribuintes. Certamente, não se trata de benefícios somente do judiciário, porque o Legislativo também tem inúmeras verbas com isenção de impostos, que são gastas como se fossem verbas salariais com incidência de imposto sobre a renda. No Executivo isso é uma incógnita. Será que a Receita Federal do Brasil já fez uma análise dessas contas?

  3. Ministros dos tribunais superiores tem direito a 60 dias de férias, recesso de 15 dias no meio do ano mais o recesso de Natal e Ano Novo que começa uns três dias antes do Natal e termina uns três dias depois do Dia de Reis, fora os feriados emendados e os dias festivos exclusivos da Justiça; em alguns estados ganham mais 1/2 de adicional de férias para cada período, ou seja, ganham um 14º salário, a maioria não goza os 60 dias de férias.Pra que ? Convertem as férias não gozadas em pecúnia. Não existe controle da frequência dos juízes, desembargadores e ministros nos tribunais, a maioria “trabalha ” no esquema TQQ ( terça, quarta e quinta ), vários auxílios recebem esses servidores, fora as imoralidades como cota para passagens aéreas, carro, motoristas e combustível. Casta de parasitas !

  4. Como um juiz pode ficar de consciência tranquila recebendo mais de R$ 4.000 para sua moradia enquanto manda para a cadeia um pai, ou mãe, que não consegue pagar a pensão alimentícia do filho porque ganha um salário de R$ 1.000 e tem que escolher entre pagar a pensão, ou o aluguel, ou sua comida ?
    Os senhores magistrados têm grande capacidade intelectual para entender a realidade do Brasil.
    Na verdade eles deveriam ajudar a acabar com os privilégios e não querê-los para si.

  5. Como o Judiciário vem se expondo e deteriorando a opinião publica em relação a eles, né? Eu nunca acreditei na justiça porque é onde começa a corrupção no Brasil, com raras exceções. Desculpem me os poucos honestos e trabalhadores, mas a justiça do Brasil, na média, é uma porcaria.

  6. Não é mais barato para o estado pagar o auxílio? Vai haver a compensação dentro do salário. Vai sair mais caro. É imoral? Talvez. Bolsa família é imoral? Vale refeição, vale alimentação, vale combustível é imoral tbm? Acho muito barulho em torno disso.

  7. TEm que extinguir tudo: auxílio-moradia, alimentação, transporte, vestuário, creche, escola… O juiz trabalhador pago com dinheiro do contribuinte que faça os cálculos do seu custo e seu salário. O salário não é suficiente, está insatisfeito? Vai trabalhar por sua conta. E o trabalhador do setor privado também. Vou de carro? Pago do meu bolso.

    1. E acabam se expondo ao desnecessário .
      A-do-ram toda e qualquer boca-livre , seja lá do que for , e muitas lhes são oferecidas . É muita cortesia , ingressos para shows , partidas esportivaentos , eventos do quê se imaginar , homenagens com rega-bofe , então, nem se fala , é o que mais tem . Sempre com algum patrocínio . Depois se sucedem as trocas de gentilezas , visitas para oferecer as fotos dos eventos, jantares, festas, e trocas de amabilidades e cafezinhos e , não demora , os pedidos , as insinuações , etc etc
      Mas em geral gastam pouco do salário para viver .

  8. Profissão nobre, de respeito e representa a lisura. Esses penduricalhos coloca o magistrado em cheque e incomoda os contribuintes com as lambanças no bolso alheio, mas será que vai incomodar quem o recebe?

  9. Pelo menos se eles fizerem greve , ninguém vai notar .
    Os que trabalham são poucos o resto pouco trabalha .
    Expediente de terça a quinta das 10 às 12 das 14 às 16 Hs , 4 meses de férias
    e 2 viajando por nossa conta , para palestras , simpósios e congressos . . .

  10. O AUXÍLIO MORADIA É A MALA JBS DO PT AO JUDICIÁRIO.

    NO PARANÁ OS MEMBROS QUE LUTARAM ARDUAMENTE PELO AUXÍLIO MORADIA
    TINHAM LIGAÇÕES COM JOSE DIRCEU
    E
    ZECA DIRCEU
    E
    ROBERTO REQUIÃO E O PT FORAM DEPOIS DE APROVADO , OS “PRIMEIROS” A CRITICAREM O AUXÍLIO MORADIA.

    ———————————————
    ESSE É O JOGO DUPLO DO PT E É ESTRATEGICAMENTE UTILIZADO QUANDO SE APROXIMA DA FASE CRÍTICA AOS MEMBROS DO PT, OS DONOS DA MALA JBS, OS DONOS DA ” MALA”(AUXÍLIO MORADIA)-OBJETO DA CHANTAGEM PETISTA

  11. No final , que está próximo (Outubro) quem vai julgar são os Militares
    junto com a sociedade e as polícias .
    82 % dos brasileiros aprovam a intervenção de Temer .
    Imaginem se fosse intervenção Militar , ampla , geral e irrestrita ?

  12. COMEÇA COM A MATHER CARMINHA,
    O FRATHER GILMAR, O TIU CORCUNDA RASTEJANTE DEUCANO E OS FILHOTES DA MATILHA… QUEM PODE CONTRA A PERSONIFICAÇÃO DA BESTA E OS 11 CAVALEIROS DO APOCALIPSE

  13. Eu sou contra o fim do auxílio-moradia porque eu não quero ver os juízes morando em um barraco de favela. Os juízes devem ter uma moradia digna do cargo que ocupam.

    1. Não seriam 4 mil e pouco a oferecer aos magistrados a residência (mansão ou semi) que as madames de juízes querem. Ademais, há entre eles os que já ganham bem, muito bem, vendendo sentenças.

    2. Ganhando 33 mil p/mês , com 14 salários , 4 meses de férias
      não vai morar em favela .
      Isso para os honestos , que infelizmente são raridade .

  14. Greve de Maugisttados, Sindicato de Juizes, Auxilios de todo tipo e especie, aposentadorias compulsórias e milionarias para Juizes Mineiradores que traficam seus superpoderes à custa de sociedade e as barbaridades não param de aparecer; estes escandalos e a falta de qualquer sentido de cidadania e justiça por parte de Maugistrados bandidos e salafrarios são a tônica no poder judiciario, e em suma, não merecem comentarios, são pura e simplesmente uma vergonha.