Contra soltura de Cunha, PGR cita risco de “retomar carreira criminosa”

Contra soltura de Cunha, PGR cita risco de “retomar carreira criminosa”
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A PGR se manifestou contra o pedido da defesa de Eduardo Cunha para livrá-lo da prisão domiciliar, diz a Crusoé.

A subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, afirmou que o ex-presidente da Câmara pode retomar a “carreira criminosa” se for solto.

Afirmou ainda que a posição do ex-deputado de “líder de uma sofisticada organização criminosa” e a gravidade dos crimes “indicam que a única forma de sobrestar as atividades ilícitas é mantendo os decretos de prisão preventiva vigentes”.

Leia aqui a íntegra da nota. Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO