Contrário a um lockdown nacional, Mourão defende campanha de conscientização

Contrário a um lockdown nacional, Mourão defende campanha de conscientização
Foto: Alan Santos/PR

Ao chegar ao Palácio do Planalto há pouco, Hamilton Mourão disse ser contra um lockdown nacional neste momento mais grave da pandemia da Covid-19.

“Cada população tem sua característica. Se você analisar o país, são cinco países diferentes em um só: o Norte é uma coisa, Nordeste é outra, etc e tal. Então, não adianta você querer impor algo nacional. E aí como é que você vai fazer isso para valer? A imposição? Nós não somos ditadura. Ditadura é fácil, sai dando bangornada em todo mundo.”

Para o vice-presidente, a população “cansou” da pandemia e é preciso que haja uma campanha de conscientização.

“Acho que tem que haver uma campanha em todos os níveis de conscientização da população. Acho também que tinham que ter alguma atitude em relação ao transporte urbano. Acho que nenhum gestor se preocupou muito com isso aí. É por aí. E conseguir acelerar as vacinas. Acelerando as vacinas, a coisa anda de forma boa.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO