Contrato de sócio oculto de Allan dos Santos no governo vai durar um ano

Contrato de sócio oculto de Allan dos Santos no governo vai durar um ano
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Foi publicado hoje (22) no Diário Oficial da União o período de vigência do contrato entre a empresa Ayr Ayres Serviços de Informação Ltda e a Secretaria de Administração da Presidência da República para gestão da plataforma Pátria Voluntária.

A empresa tem como um dos sócios Bruno Ayres, apontado pela Polícia Federal como sócio oculto de Allan dos Santos, do site Terça Livre. O acordo entre ambos foi publicado originalmente no dia 3 de fevereiro, mas sem o período de vigência do contrato, cujo valor é de R$ 359 mil.

O novo acerto entre o governo federal para gestão da plataforma da primeira-dama começou na última sexta-feira e vai vigorar até o dia 19 de fevereiro de 2022.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO