Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Convocados que não foram ouvidos na CPI poderão ser alvo de relatório final

O presidente do CFM, Mauro Luiz de Brito Ribeiro, não foi ouvido pela comissão, mas deve ser alvo do relatório final de Renan Calheiros
Convocados que não foram ouvidos na CPI poderão ser alvo de relatório final
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Após aproximadamente seis meses de funcionamento, a CPI da Covid deixou de fora 76 nomes que chegaram a ter as convocações aprovadas, diz a Crusoé.

Senadores ouvidos pela revista disseram que o fato de os depoimentos terem sido deixados de lado não significa que todas essas pessoas acabarão poupadas do indiciamento no relatório final.

Recém-incluído na lista de investigados, o presidente do Conselho Federal de Medicina, Mauro Luiz de Brito Ribeiro (foto), está no rol dos que não foram ouvidos, mas devem ser alvo do relatório de Renan Calheiros.

O presidente do CFM é investigado pela defesa irrestrita da prescrição de remédios sem eficácia contra a Covid e suposta omissão diante dos escândalos do caso Prevent Senior.

Leia mais aqui. Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
TOPO