Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Coronel que atacou Rosa Weber é investigado desde julho

Coronel que atacou Rosa Weber é investigado desde julho
Divulgação/TSE

O repórter Daniel Adjuto, do SBT, informa que o coronel da reserva Carlos Alves é investigado desde julho a pedido do chefe de gabinete de Eduardo Villas Boas, o comandante do Exército.

Alves está sendo investigado pela PF em razão do vídeo que gravou com ofensas à presidente do TSE, Rosa Weber.

Em nove postagens, o coronel da reserva ameaçou cercar o STF e prender ministros e chamou Villas Boas –que se locomove em cadeira de rodas devido a uma doença degenerativa– de doente e debilitado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO