Corpo a corpo

Enquanto o governo irá se refugiar na internet, a oposição mira as ruas.

Leiam o que o G1 publicou:

“Na volta das férias, oposicionistas e dissidentes da base aliada pretendem mobilizar empresários, sindicalistas e integrantes de movimentos sociais para garantir ‘pressão das ruas’ sobre o Congresso Nacional.

Outra proposta traçada pelos oposicionistas é a de promover um intenso ‘corpo a corpo’ sobre os parlamentares que ainda não decidiram como se posicionar diante do impeachment.”

Podiam não ter tirado férias