Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Corpo de miliciano Adriano da Nóbrega é exumado e passará por perícia

O procedimento, feito a pedido do Ministério Público da Bahia, deverá detalhar as trajetórias dos tiros que atingiram o ex-PM
Corpo de miliciano Adriano da Nóbrega é exumado e passará por perícia
Foto: Divulgação

O corpo do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, morto em confronto com policiais militares em fevereiro do ano passado, foi exumado a pedido do Ministério Público da Bahia e passará por novos exames. 

O ex-PM, citado na investigação sobre o esquema de rachadinha no gabinete de Flávio Bolsonaro quando era deputado estadual, faleceu na cidade de Esplanada, a 155 quilômetros de Salvador.

O inquérito da Polícia Civil da Bahia concluído em agosto de 2020 diz que ele atirou sete vezes contra PMs antes de ser atingido por dois tiros no momento em que tentavam capturá-lo. No ano passado, após o corpo de Nóbrega ser examinado, a Secretaria de Segurança Pública baiana disse não ter encontrado indícios de execução ou tortura.

O novo procedimento deverá detalhar as trajetórias dos tiros que atingiram o miliciano. As informações desse novo laudo serão comparadas com os relatos dos policiais que participaram da ação.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO