Corre, Lula, corre

Os advogados de Lula voltam a atacar Sergio Moro, ao comentar a abertura de inquérito sobre obstrução da Justiça;

“Se o Procurador Geral da República pretende investigar o ex-Presidente pelo teor de conversas telefônicas interceptadas, deveria, também, por isonomia, tomar providências em relação à atuação do juiz da Lava-Jato que deu publicidade a essas interceptações — já que a lei considera, em tese, criminosa essa conduta.”

O teatro dos advogados de Lula custará ao seu cliente.

Aliás, quando ele vai fugir para o Uruguai e terminar logo esse peça de quinta categoria?
.

Faça o primeiro comentário