Corregedor conclui parecer e diz haver "indícios suficientes" de que Flordelis quebrou decoro

Corregedor conclui parecer e diz haver “indícios suficientes” de que Flordelis quebrou decoro

O corregedor da Câmara, deputado Paulo Bengtson (PTB), divulgou há pouco seu parecer sobre o caso Flordelis.

Ele decidiu pelo encaminhamento do processo para o Conselho de Ética, que deverá decidir pela cassação ou não do mandato da deputada, antes de o caso ir para o plenário.

Flordelis, do PSD do Rio de Janeiro, é acusada de ter mandado matar o próprio marido. Segundo os investigadores, “não há dúvida alguma” de que ela é a mentora do crime.

“Por todo exposto, manifesto-me pela formalização de Representação por parte da Mesa Diretora perante o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, pois os fatos descritos no Requerimento de Representação e no Inquérito Policial que o instrui constituem indícios suficientes de irregularidades ou de infrações às normas de decoro e ética parlamentar”, diz o corregedor, na conclusão do parecer.

Ele disse também que cabe à Câmara, “sensível aos imperativos da moralidade e às exigências éticas que recaem ainda mais gravemente sobre os ombros dos agentes políticos, agir em defesa da moralidade e da probidade, do aprimoramento do mister correcional e do resgate da credibilidade desta Instituição perante os cidadãos que confiam parcela do exercício de sua autonomia pública e a expressão de sua vontade política aos seus representantes eleitos para compor o Parlamento”.

No parecer, o corregedor afirmou, ainda, que analisou todas informações do inquérito policial do crime e que Flordelis, embora alegue inocência, não provou, por exemplo, que “mensagens comprometedoras” em seu celular “tenham sido emitidas por seus filhos e filhas utilizando o seu próprio aparelho celular sem que ela soubesse”.

“Não há campo propício ao argumento de que se deve aguardar conclusões voltadas ao julgamento definitivo dos supostos crimes”, argumentou o corregedor.

Leia aqui a íntegra do parecer.

Leia mais: Combo Crusoé e O Antagonista+: comece a ler por apenas R$ 1,90
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 20 comentários
TOPO