ACESSE

Corregedoria da Civil do Rio vai apurar morte de Adriano

Telegram

A Corregedoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro vai apurar se o miliciano Adriano Nóbrega de fato foi morto em uma troca de tiros com policiais do Bope da Bahia.

A finalidade é ter certeza de que não se tratou de uma execução.

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários