ACESSE

Corregedoria do MPF vai analisar acusação da Lava Jato a auxiliar de Aras

Telegram

A Corregedoria do MPF vai analisar a acusação dos procuradores da Lava Jato em Curitiba de que a subprocuradora Lindôra Araújo — uma das auxiliares mais próximas de Augusto Aras, — praticou manobra ilegal para copiar bancos de dados sigilosos das investigações informalmente e sem apresentar documentos ou justificativa.

Segundo a TV Globo, o caso está sob avaliação da corregedora-geral Elizeta Ramos.

O caso gerou uma crise entre Curitiba e a PGR. Como mostramos, a visita de Lindôra na sede do MPF em Curitiba foi a gota d’água para que três integrantes do grupo da Lava Jato na PGR pedissem demissão.

Leia mais: A guinada de Bolsonaro para ficar no poder

Comentários

  • Flavio -

  • Paulo -

    Que está ratazana explique porque quer fiscalizar o que está certo enquanto a PGR de Brasília eh uma inutilidade que nada produz em favor do brasil alem de ser capachos de corruptos poderosos.

  • Joel -

    Manobra tipo controle total... Será que o Bozo tomou a PGR???? Já tomou a PF... Abriu as pernas e o rego pro Centrão... Pena... Perdeu meu voto

Ler 86 comentários