Corregedoria do TJ vai apurar ocultação de dados na escritura da mansão de Flávio

Corregedoria do TJ vai apurar ocultação de dados na escritura da mansão de Flávio
Mansão de Flávio Bolsonaro em Brasília (Adriano Machado/O Antagonista)

A Corregedoria do Tribunal de Justiça do Distrito Federal vai instalar um procedimento administrativo para apurar a ocultação de dados na escritura da mansão comprada por Flávio Bolsonaro.

A compra, revelada por O Antagonista, foi registrada num cartório de Brazlândia, cidade-satélite a 45 quilômetros de Brasília, onde fica a residência.

O documento tem tarjas pretas sobre a renda de Flávio e de sua mulher, Fernanda. A escritura também registra o pagamento de R$ 2,87 milhões em recursos próprios de Flávio, embora ele só tenha pago efetivamente até agora R$ 1,09 milhão.

Como mostramos mais cedo, o cartório também foi escolhido pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, para registrar o edital de proclamas de seu casamento com Mayara Noronha de Albuquerque.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO