Corregedoria livra policial acusado de fabricar dossiê contra Moro

O Antagonista apurou que a Corregedoria da Polícia Federal não encontrou evidências de participação do policial Flávio Werneck na fabricação de um dossiê contra Sérgio Moro.

Werneck virou alvo de um processo administrativo disciplinar em 2016, ao ser flagrado entregando o suposto dossiê ao então ministro Jaques Wagner. A investigação concluiu pela inocência do escrivão de polícia, então vice-presidente da Fenapef.

O policial, no entanto, foi punido com suspensão de 20 dias por fazer declarações públicas que resultaram “em prejuízo para a imagem do órgão”.

Atual presidente do Sindicato dos Policiais Federais do DF, Werneck criticou a gestão de Leandro Daiello por ceder mais de 30 delegados ao Ministério da Justiça, causando prejuízo ao andamento das investigações policiais.

Werneck vai recorrer da punição.

AUTOR DE DOSSIÊ CONTRA MORO É SUSPENSO

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. RELEITURA DE FILME B.
    O PT adora um dossiê. Um escândalo de aloprados. Falar do Paulo “afro descendente” em época de campanha eleitoral, mas depois que ganha a eleição mesmo tendo a máquina da polícia federal na mão não pede para investigar. Até porque se pedissem investigação iriam para a cadeia junto.
    Jesus é a luz. E o povo vota nessa gente. 60 % do povo não liga para a corrupção na hora de votar. Aí o diretor do DATAFOLHA chama de eleitor pragmático. Não Sr diretor! Chame pelo nome certo. Eleitor CORRUPTO. E além de corrupto burro, pois eleger alguém para roubar seu dinheiro é burrice. Mas sabe como é… Se eu fosse político roubava também.
    Eita realidade dura a do nosso país.
    . .
    Brasil país do futuro que não chega e jamais chegará

Ler mais 21 comentários
  1. RELEITURA DE FILME B.
    O PT adora um dossiê. Um escândalo de aloprados. Falar do Paulo “afro descendente” em época de campanha eleitoral, mas depois que ganha a eleição mesmo tendo a máquina da polícia federal na mão não pede para investigar. Até porque se pedissem investigação iriam para a cadeia junto.
    Jesus é a luz. E o povo vota nessa gente. 60 % do povo não liga para a corrupção na hora de votar. Aí o diretor do DATAFOLHA chama de eleitor pragmático. Não Sr diretor! Chame pelo nome certo. Eleitor CORRUPTO. E além de corrupto burro, pois eleger alguém para roubar seu dinheiro é burrice. Mas sabe como é… Se eu fosse político roubava também.
    Eita realidade dura a do nosso país.
    . .
    Brasil país do futuro que não chega e jamais chegará

  2. Presidente de sindicato a serviço do PT. Quer mais desabonador que isso?
    Ainda bem que são tão incompetentes que acabam enfiando as patas traseiras pelas dianteiras.

  3. DOSSIÊ É, REALMENTE, COM O PT.
    O PT ADORA DOSSIÊ.
    A IDEIA FIXA EM DOSSIÊS DESQUALIFICANDO PESSOAS, VEM DE LONGA DATA.
    O PASTOR CAIO FÁBIO, QUE O DIGA, NÃO É PASTOR?

  4. O mau policial causa um mal duplamente maior e mais destrutivo do que o mal praticado por uma pessoa comum, um outro cidadão qualquer. Os efeitos danosos da ação de um único policial cooptado por orcrims significam o Estado sendo corroído “por dentro”. É a bactéria nos intestinos do leão que abate mortalmente a fera, sem que seja preciso aparecer o rifle do caçador. A sociedade brasileira precisa de meios para se proteger de maus policiais, civis, militares, federais.. falsos homens da lei e da ordem.. porque eles são perigosos e deletérios.

  5. Tinha merda Márcia, mentira de petista que não tem como se defender e sai atacando. São mentirosos, dissimulados, bandidos perigosos. E ainda tem gente que dá credito pra aquele Tacla Duran, afundado na bosta.

    Bandidagem: não OUSEM falar mau, muito menos encostar em Sérgio Moro, nem nascendo de novo chegarão perto do dedinho do pé dele

    1. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻BRAVO! Disse tudo!

  6. O que de pior pode haver na face da Terra?
    O corporativismo tupiniquim e xucro salvou o sujeito da exoneração e da prisão.
    Em qualquer lugar do mundo esse sujeito estaria em cana.