Correios: mais um patrocínio, antes de apagar a luz

Telegram

Antes de deixar a Presidência dos Correios para tentar a reeleição em outubro, Guilherme Campos autorizou mais um generoso patrocínio esportivo.

O Diário Oficial de 2 de abril trouxe o repasse de 900 mil reais para a Confederação Brasileira do Deporto Universitário realizar um projeto chamado “Operador Logístico do Esporte Universitário do Brasil”.

Como antecipado por este site, substituiu Campos no comando da estatal pré-falimentar Carlos Roberto Fortner, amigão de Gilberto Kassab dos tempos da Prefeitura de São Paulo.

Comentários

  • Adriano -

    Legal que não se preocupa com as entregas, mas se preocupa com operadora móvel, ramo bancário e agora esportes. Correios é a maior piada desse país.

  • Torcicolo -

    Como se os correios, monopólio estatal, fosse uma empresa séria, pontual, e de prestação excelente de seus serviços!!! Encomendas nacionais e internacionais estão paradas, quem importa, tem o famigerado fato de que todas mercadorias passam pelo buraco negro de Curitiba, que represa por mais de 90 dias, quando não as perde, e não tem a possibilidade de reclamar, pois supostamente não faz parte do contrato de serviço. - Privatiza, já!

  • Paulo -

    O Dinheiro Público é uma fanfarra pra estes Políticos, Ainda mais em Ano de Eleições! Pobre Brasil 🇧🇷 🙏🙏🙏

Ler 32 comentários